Celebridades

Funkeiro agride técnico de som que trabalha para ele durante um show

 

Um ato impensado do cantor de funk MC Livinho, que está em alta com várias músicas de sucesso, tem gerado polêmica nas redes sociais. Ele acabou saindo da linha e perdeu a cabeça agredindo um dos seus funcionários durante um show. O evento aconteceu na Áudio Club, em São Paulo, na noite da sexta-feira passada, 26 janeiro.

De acordo com as testemunhas que presenciaram o ocorrido, o ato aconteceu durante a passagem de som, antes do início do show. O técnico Vitor foi até o camarim e foi chamado a atenção por Livinho, que fez várias ofensas e, sem controle, acabou partindo para as agressões, deixando o técnico de som visivelmente machucado.

A seguir, você confere na íntegra a nota que Vitor emitiu, na qual revela detalhes sobre o que sofreu nas mãos do antigo patrão. Depois do ocorrido, ele pediu demissão.

NOTA DE ESCLARECIMENTOS
MC Livinho AGREDIU O SEU TECNICO DE SOM
Veja abaixo o relato do técnico de som .
O caso foi o seguinte…
Estávamos trabalhando na áudio tudo certinho, aí rolou umas 2 microfonia no p.a. mas não era eu quem estava fazendo o p.a. era o kra da casa, aí acabou o show ele me chamou no camarim, estava ele a mulher dele, empresario e produtor aí ele começou a falar q ele tinha q ter um kra competente na equipe dele q ele não é digno de ter uma equipe q é uma bosta e começou a esculachar… Disse q eu não sabia oq estava fazendo e começou a xingar do nada com vários palavrões… Eu apenas falei mano não dá pra trabalhar com você, esse dessrespeito com palavras e com atitudes em cima do palco é inadimissivel para mim. E pedi as contas, virei as costas sai do camarim bati a porta e ele veio atrás correndo me pegou na escada do camarim da áudio club pelas costas chutando pela escada e já me agredindo com algo na mão.
Lamentável.

MC Livinho

MC Livinho (Divulgação)

Oliver Decesary Santos, mais conhecido pelo nome artístico MC Livinho, é um cantor brasileiro de funk paulista. Iniciou sua carreira na música em 2008, com o lançamento da canção “Origem”, mas alcançou o primeiro reconhecimento apenas aos dezoito anos, em 2012, com a música “Mulher Kama Sutra”.

Tornou-se reconhecido pela mídia como um dos principais expoentes do estilo musical conhecido como funk ousadia, o qual se destaca pelas conotações sexuais e erotismo no lírico das canções. No início de 2016, cessou a composição de tais músicas e começou a realizar gravações de canções sem a presença de palavras de baixo calão.